Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade.

O Tipo de Parto influencia na vida adulta?

O Tipo de Parto influencia na vida adulta?

03/10/2019

Quando estamos no útero materno, as partes do cérebro que armazenam imagens e memórias ainda não estão desenvolvidas, por isso nossas experiências ficam registradas a nível celular e, a medida em que crescemos, todas aquelas informações passam a fazer parte de nós a partir da chamada “memória de procedimento”. 

Então muitas coisas que você passa hoje na sua vida, podem sim ser recorrente de traumas do parto. 

Eu tive a oportunidade de atender uma pessoa com queixas de que tudo o que ela começava, ela não terminava. Sua sensação era de que sempre que estava dando andamento a um projeto, algo acontecia e influenciava para que seu trajeto de alguma forma fosse interrompido; o último caso que ela relatou, inclusive, foi de um momento em que ela estava alcançando a prosperidade financeira e, de repente, veio à falência e precisou fechar sua loja. 

Passamos a investigar através da regressão somática, fizemos uma ponte afetiva e ela pôde retornar ao útero materno. Então, essa paciente começou a relatar o que estava sentindo, a sensação que ela tinha era de que as coisas estavam fluindo naturalmente, ela se sentia em paz, se preparando e criando coragem lentamente para sair dali, o sentimento era de que em apenas algumas horas ela estaria pronto. Até que veio alguém e o tirou dali, com uma cesariana. 

Este material que acessamos está extremamente distante da nossa consciência, por isso é muito impactante este acesso. Muitas emoções são liberadas no momento da regressão, neste caso, usando as abordagens corretas e toda minha bagagem terapêutica, eu pude ajudar o sistema nervoso desta paciente a se regular, a fim de que ela pudesse processar aquele sentimento negativo de interrupção e dar um novo significado a esta emoção que havia ficado impregnada em seu inconsciente e que sempre gerava a sensação de que não conseguir terminar algo ou que seus projetos e sonhos sempre seriam interrompidos. 

Eu ouvi dizer de um mestre, e constato cada vez mais durante o meu trabalho, que a vida é apenas uma repetição do que aconteceu naqueles 9 meses dentro do útero materno. Tantas decisões já foram tomadas, tantos sentimentos já foram sentidos, tantas interpretações sobre a vida e maneira de se comportar perante a ela já foram interiorizadas e enraizadas. 

Cuidar deste período de nossas vidas é conhecer e ajustar nossas estruturas mais profundas, e na Vivência Pré e Perinatal você terá a chance de descobrir a sua história desde o início. 

Eu deixo você com a declaração da Cibelle, um depoimento emocionante de uma transformação profunda gerada graças à regressão ao útero materno. 

Eu sou o Manoel Augusto e posso te ajudar a transformar sua vida com experiências capazes de melhorar seus relacionamentos afetivos e interpessoais a partir de um método único, que combina mais de 15 técnicas de cura eficientes para que você melhore sua vida a partir do autoconhecimento. 

Faça parte de nossas experiências imersivas e torne-se tudo aquilo que você nasceu para ser.
Conheça nossas vivências: https://ntsinapse.com.br/nossos-cursos/
Fale com a minha equipe: Whatsapp (011) 99857-4132

O que achou do conteúdo?

Deixe o seu comentário aqui

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados

Traumas intrauterinos já podem ser tratados

Traumas intrauterinos já podem ser tratados Especialista em Psicologia Pré e Perinatal abre vagas para experiência única e exclusiva no Brasil para tratar traumas intrauterinos. Por meio de regressões é possível acessar memórias do que vivemos na barriga de nossa mãe e transformar nossa vida hoje à partir dos padrões de comportamento desenvolvidos naquele período […]

Leia Mais >

No útero, gêmeo com poucas chances de sobrevivência segura a mão da irmã

Os gêmeos aparecem de mãos dadas no ultrassom (Foto: Reprodução/ Fox8) Créditos: Matéria originalmente reproduzida da Revista Crescer online – 18 de fev de 2016 A gravidez de Britani McIntire tem sido difícil desde o início. Ela e o marido, Ian, já eram pais de duas meninas e não planejavam aumentar a família, quando descobriram […]

Leia Mais >

Fase intrauterina: você conhece a Psicologia Pré e Perinatal?

Você já ouviu falar em Psicologia Pré e Perinatal? Essa é a abordagem que estuda o comportamento humano na fase intrauterina, acompanhando nosso desenvolvimento desde a pré-concepção, que ocorre até 3 meses antes da concepção, até a primeira infância com 2 anos de idade.  O objetivo é relacionar as vivências da fase intrauterina e pós-nascimento […]

Leia Mais >

Veja todos os posts

arrow_forward