Blog

Em Busca da Pílula Mágica

O que é a pílula mágica?

Hoje em dia não é incomum nós seres humanos buscarmos pela solução mágica de nossos problemas, o remédio novo que vão descobrir conta a depressão, a pílula mágica contra a ansiedade, e a lista segue…

E nessa jornada em busca da Pílula Mágica acabamos esquecendo que somos seres humanos e não máquinas. É claro que sentimentos desconfortáveis, situações frustrantes, doenças, pensamentos negativos, queremos bem longe de nós, não é verdade?

Porém tudo que acontece internamente na experiência humana é apenas um aviso ou um recado, você pode chamar como você quiser… dizendo que alguma coisa esta errada dentro de nós.

Hoje sabemos que 98% das doenças são de fundo emocional, e você realmente acredita que ir em busca da pílula mágica realmente vai curar sua parte emocional?

É muito comum em minha prática clínica cuidar de traumas e emoções do passado de alguém e realmente resolve las, e perceber quantos problemas físicos começam a desaparecer. E estes não eram o foco inicial do trabalho, mas sua cura apenas foram efeitos colaterais agradáveis de um caminho de descobertas e cura interior.

A sociedade, a indústria farmacêutica e outros órgãos acabam se aproveitando do “piloto automático” que a maioria das pessoas vive, iludindo e fazendo acreditar que todos os problemas serão um dia resolvidos através de uma pílula mágica.

Veja este dado curioso…

Você sabia que pesquisas não patrocinadas por industrias farmacêuticas não comprovaram que a causa da depressão era apenas a falta de serotonina no cérebro?

Muitas pessoas acabam se esquecendo de viver a jornada de descoberta e crescimento pessoal dentro de si mesmo, “e quero ressaltar que não estou falando para você deixar de tomar os seus remédios” mas talvez você possa agregar a seus processos de cura uma busca interior e talvez descobrir quantas informações de valor a nível emocional seus problemas, sentimentos negativos, doenças, etc… TEM A LHE DIZER.

Vem comigo neste vídeo e não iremos em busca da pílula mágica, mas lhe trarei algumas reflexões saudáveis para que você possa expandir seu vocabulário interior.

nenhum comentário

0

Deixar um comentário